Ir para conteúdo

A grande temporada do Indiana Pacers

No começo da temporada, pouco se esperava do time de Indiana Pacers – afinal, Victor Oladipo pediu para ser trocado e TJ Warren está lesionado, dentre outros problemas. Entretanto, o time faz uma grande temporada, atualmente sendo o quarto da conferência Leste, com 15 vitórias e 14 derrotas. Muito dessa melhora passa pelas mãos de Nate Bjorkgren, seu novo técnico.

Confira alguns dos fatores que destacam a equipe até o momento e as dificuldades que poderão entrar no caminho do Pacers:

Pontos positivos: agora o time de Indiana joga em um ritmo alto, com passes extras e muita pontuação no garrafão. Como resultado, a equipe é a terceira com mais pontos na área pintada. Além disso, o jogo de Domantas Sabonis e Malcolm Brogdon foi potencializado, e ambos foram cotados ao All-Star Game. Por último, a máquina defensiva que é Myles Turner lidera a NBA em blocks por jogo, com 3,5. Com isso, ele entra nos possíveis nomes para o título de Defensor do Ano.

Nate Bjorkgren e Domantas Sabonis: dupla em ótima temporada até agora. Foto: Indiana Cornrows.

Pontos negativos: por outro lado, o time de Nate monopoliza muito a bola na mão de Brogdon e Sabonis. Um exemplo disso é quando Sabonis tentou mais de 20 arremessos por jogo, o Pacers só venceu uma partida em cinco possíveis. Sob o mesmo ponto de vista, quando Brogdon tenta mais de 20 arremessos, o Pacers terminou vencendo  três partidas em onze possíveis. E a equipe se mostrou bem frágil nos rebotes, sendo o quarto time que mais cede os ofensivos aos adversários. Paralelamente, é apenas a 24° em rebotes totais por jogo.

O Pacers está muito acima do esperado, conseguindo superar os obstáculos e desafios. Se a temporada terminasse hoje, eles teriam mando de quadra e não duvido que ao fim dela também consigam. Bjorkgren faz um excelente trabalho e a equipe de Indiana é, sem dúvidas, uma das  mais divertidas de se ver jogar em toda a liga.

Categorias

NBA

Tags

,

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: