Ir para conteúdo

Quatro equipes se mantém invictas nas qualificatórias para o AfroBasket 2021

Foto: Divulgação / FIBA

As eliminatórias FIBA ​​AfroBasket 2021, com 20 equipes, chegou ao fim com apenas quatro seleções invictas e houve alguns jogos emocionantes no domingo.

Com a última janela das Eliminatórias ocorrendo em duas cidades africanas de Monastir e Yaounde nos últimos cinco dias, vimos 42 jogos em que as equipes lutaram por uma chance de competir no Campeonato Africano deste ano, que será realizado em Kigali (Ruanda) de 24 de agosto a 5 de setembro.

Quatro times, incluindo os atuais campeões africanos (Tunísia, Costa do Marfim, Nigéria e Egito), superaram seus adversários, vencendo todos os seus seis jogos.

Jogando na cidade costeira de Monastir, a Tunísia no domingo precisou se esforçar para superar a obstinada República Centro-Africana (CAF) por 63-58 para manter a invencibilidade no Grupo A.

A Tunísia se classificou para a Rodada Final com uma vantagem de 6-0.

Em segundo lugar com nove pontos graças a um recorde de 3-3, a República Democrática do Congo derrotou Madagascar por 89-64 na última ação do Grupo A de domingo, em Monastir.

No primeiro jogo do dia, o Egito manteve sua campanha invicta no Grupo E depois de vencer o Marrocos por 84-59.

Os ex-campeões africanos avançaram para o confronto de Kigali com um recorde de 5-0.

A Nigéria, que disputou a segunda rodada das eliminatórias do Grupo D de 17 a 19 de fevereiro, permaneceu perfeita em três jogos, já que também se classificou para as finais com um recorde de 6-0.

Houve drama e vingança na capital camaronesa, Yaounde, no domingo.

Depois de ser surpreendido pelo Quênia na noite de sábado, Angola (4-2) se recuperou, derrotando o Senegal por 82 a 51 para terminar em segundo no Grupo B, atrás do Senegal (5-1).

O Senegal derrotou Angola por 66-51 na primeira rodada das Eliminatórias em novembro passado.

E a campanha do Grupo B de Moçambique terminou com uma incrível vitória sobre o Quênia por 71-44.

No jogo tão aguardado do Grupo C, a Costa do Marfim venceu os anfitriões Camarões por 64-57.

Foi a segunda vitória dos marfinenses sobre os Camarões em Yaounde, depois de terem derrotado os camaroneses por 82-74 na primeira rodada em fevereiro de 2020.

Pelo Grupo C, a Guiné derrotou Equatorial 80-71.

Felipe Souza Ver tudo

Sou o criador do site HSBasketballBR, Blog do Souza e fui co-criador do Live College BR. Fui o primeiro brasileiro a escrever sobre high school para um site americano, o D1Vision. Trabalhei para a Liga Super Basketball como repórter e assessor de imprensa. Também escrevi para os blogs como Jumper Brasil e TimeOut Brasil, tive textos publicados pelo Bala Na Cesta. Trabalho de Scout nas horas vagas e acredito que o estudo diário do basquete, me faz um profissional melhor.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: