Ir para conteúdo

Quanto mais mascotes, melhor!

Nesta semana, o Caxias do Sul apresentou ao público seu novo mascote. O Gambasquete, como foi batizado, chega para agregar na identidade do clube que disputa o Novo Basquete Brasil. Com base nisso, o texto de hoje no Blog do Souza argumenta: quanto mais mascotes, melhor!

Antes de tudo, é importante destacar o significado de um mascote. Por definição, o mascote é aquele que se considera capaz de proporcionar sorte e felicidade. Por isso, vemos a presença deles nos jogos de suas equipes. Além disso, um mascote simboliza o clube como um todo e a imagem que pretende passar aos torcedores e público geral.

No NBB, outras equipes já se destacam graças ao trabalho feito com seus mascotes. Times como Unifacisa (Jack) e Bauru (Dunk) se destacam com a interação de seus representantes, principalmente nas redes sociais.

Quanto mais mascotes, melhor!

Apesar de alguns bons exemplos no Brasil, o “mercado de mascotes” precisa crescer muito no cenário nacional. Desta forma, citarei quatro motivos para que uma equipe tenha um mascote.

  1. Como dito anteriormente, o mascote simboliza o clube e a imagem que a instituição deseja passar  aos torcedores e público como um todo.  Ajuda, em alguns casos, a criar uma imagem intimidadora para seus adversários.
  2. Faz sucesso com as crianças, os futuros torcedores. Graças à figura simpática, os mascotes cativam o público infantil, o que pode influenciar na presença de novos torcedores. Futuramente, os mesmos poderão ser consumidores de produtos do clube, ajudando na receita.
  3. Dando sequência ao último tópico, a receita é um fator importante  na utilização de mascotes. Além das vendas de produtos licenciados (dos clubes e mascotes), eles contribuem para ações publicitárias. Assim, os times conseguem dinheiro graças a imagem deles.
  4. Ajudam no entretenimento. É necessário ter em mente que o esporte está cada vez mais além de uma simples partida de basquete. Os mascotes são um meio de entreter o público antes e durante os jogos, sendo peças fundamentais para contagiar os torcedores.

Inspiração na NBA

Para que os mascotes tenham sucesso no NBB, é necessário que as equipes se inspirem no modelo adotado pelas franquias da liga norte-americana, a NBA.

Durante os pedidos de tempo técnico ou intervalo das partidas,  os mascotes entram em ação com todo o carisma. Sendo assim, diversos vídeos protagonizados por eles viralizam nas redes sociais, aumentando o engajamento das equipes e da liga. Seria legal ver coisas do tipo nos ginásios brasileiros.

 

 

Lucas Ardito Ver tudo

Tenho 18 anos e sou estudante de jornalismo na PUC-Campinas. Falo sobre basquete, futebol e o que mais vier!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: