Ir para conteúdo

São Paulo finalmente encaixou no NBB

A briga pela liderança do Novo Basquete Brasil está bastante acirrada entre Flamengo, Minas e agora o São Paulo, que finalmente encaixou no NBB. É sobre isso que o texto de hoje, no Blog do Souza, aborda.

O time comandado por Cláudio Mortari é um dos mais fortes do país. Contudo, não conseguia demonstrar toda essa força dentro de quadra, com atuações pouco convincentes e alguns tropeços no caminho.

No entanto, após a derrota na final da Copa Super 8 para o Flamengo, a equipe paulista cresceu na liga nacional. São seis vitórias em seis jogos, que levaram o Tricolor à terceira posição do NBB, atrás de Flamengo e Minas, respectivamente.

São Paulo finalmente encaixou no NBB

No período pós-Super 8, o São Paulo enfrentou (e venceu) as equipes de Caxias, Mogi das Cruzes, Franca, Bauru, Pinheiros e Paulistano. Contra o CAP, inclusive, a equipe conquistou uma vitória heroica. Mesmo com as ausências de seis jogadores infectados pela Covid-19, o time venceu por 71 a 63.

Para o encaixe e dominância da equipe, o elenco como um todo mostra evolução. Contudo,  três jogadores se destacam da maioria. Georginho de Paula, Lucas Mariano e Shamell, que formam o big three são-paulino.

Lucas Mariano

Nos últimos seis confrontos, o pivô é o único que jogou todos os duelos. Com médias de 23 pontos, 8.3 rebotes e 1 assistências, Lucas foi crucial para que o São Paulo conquistasse essa sequência de vitórias.

Na partida contra Bauru, por exemplo,  o camisa 28 anotou 34 pontos e pegou onze rebotes, mostrando sua dominância dentro do garrafão. Além disso, chamou a responsabilidade nas ausências de Georginho e Shamell e fez 27 pontos no duelo contra o Paulistano.

Georginho de Paula

O atual MVP do Novo Basquete Brasil disputou cinco partidas no período pós-Super 8. Nesses jogos foram 15 pontos, 8 rebotes e 7.8 assistências por partida, mantendo sua regularidade nas estatísticas.

Nos cinco duelos, Georginho protagonizou dois triplos-duplos, nos jogos contra Caxias e Pinheiros. Além disso, esteve em quadra durante os 40 minutos dessas duas partidas.

Conheça o canal do Blog do Souza no YouTube!

Shamell

Presente em quatro jogos dessa sequência, Shamell mantém sua regularidade na pontuação. Tendo médias de 20.2 pontos, 2.2 rebotes e 2.7 assistências, o norte-americano brilhou na partida contra Franca, na qual anotou 38 pontos. Contudo, ficou de fora das duas últimas partidas.

Em toda a temporada, Lucas Mariano é o cestinha da equipe com 19 pontos por jogo, enquanto Georginho lidera em rebotes (8.1), assistências (6.3) e eficiência (24.4). Shamell, por sua vez, pertence ao grupo 50/40/90. O ala possui médias de 54.9% nos arremessos de quadra, 47.2% nas bolas de três e 90.7% na linha de lance livre.

Com o encaixe da equipe, o São Paulo entra na briga pela liderança do Novo Basquete Brasil. Apesar de ter um jogo a mais, a distância para Flamengo e Minas diminuiu para apenas uma vitória.  Se manter o desempenho recente, o time treinado por Cláudio Mortari chega forte para buscar seu primeiro título do NBB.

Lucas Ardito Ver tudo

Tenho 18 anos e sou estudante de jornalismo na PUC-Campinas. Falo sobre basquete, futebol e o que mais vier!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: