Ir para conteúdo

O desempenho dos brasileiros na Champions League

A Basketball Champions League (BCL) começou na última segunda-feira, 1, e conta com a presença de quatro equipes do Brasil: Flamengo, Sesi Franca, Minas e São Paulo. Após quase uma semana de torneio, o Blog do Souza mostra o desempenho dos brasileiros na Champions League.

As doze equipes participantes da BCL estão divididas em quatro grupos, avançando para o quadrangular final os líderes de cada um. Desses grupos, apenas o A não possui alguma equipe do Brasil. Contudo, o São Paulo está no B, Franca no C, Flamengo e Minas no D.

Neste ano, a competição está sendo disputada em formato de bolha para que, desta forma, a pandemia atrapalhe da menor maneira possível o andamento do torneio.

São Paulo

No grupo B ao lado do atual campeão Quimsa e também do Universidad de Concepcion, o São Paulo de Cláudio Mortari lidera com duas vitórias nos dois primeiros jogos.

O Tricolor fez sua estreia contra o Universidad e não tomou conhecimento do adversário, vencendo com muita tranquilidade por 94 a 47. No entanto, a segunda partida teve emoção. A equipe levou a melhor sobre o forte Quimsa por 75 a 72, em partida que foi decidida na prorrogação.

Destaques do São Paulo

  • Lucas Mariano: 21.5 pontos (cestinha da BCL), 10 rebotes e 2.5 tocos.
  • Georginho de Paula: 11 pontos, 11.5 rebotes e 9 assistências.
  • Jefferson: 11.5 pontos e 11 rebotes.

Sesi Franca

O time de Hélio Rubens está no grupo C ao lado de Obras Sanitarias e San Lorenzo, possuindo um resultado positivo, porém outro negativo até então.

Na estreia contra Obras, a equipe francana levou a melhor ao vencer por 93 a 88, em jogo muito emocionante. No entanto, na segunda partida foi derrotada pelo bom  San Lorenzo em placar apertado de 73 a 68. Desta forma, após os dois primeiros duelos, o Sesi Franca ocupa a segunda posição de seu grupo, atrás apenas do San Lorenzo.

Destaques de Franca

  • Lucas Dias: 19 pontos, 5.5 rebotes e duas assistências por jogo.
  • Rodney Green: 13.5 pontos, 5.5 rebotes e 3 assistências.
  • André Goes: 11.5 pontos, 7.5 rebotes e 3 assistências.

Conheça o canal do Blog do Souza no YouTube!

Minas Tênis Clube

A equipe mineira pertence ao grupo D, assim como Flamengo e Instituto Córdoba. Nas duas partidas que disputou até agora, o time de Léo Costa teve uma vitória e uma derrota.

Na estreia contra o Flamengo, o líder do NBB foi derrotado por 79 a 69 no duelo de compatriotas. Contra o Instituto, no entanto, Minas deu a volta por cima e venceu por 100 a 85, ficando com a liderança momentânea do grupo.

Destaques do Minas

  • Shaquille Johnson: 18 pontos, 2 rebotes e 2.5 assistências.
  • Luciano Parodi: 9.5 pontos, 4 rebotes e 3.5 assistências.
  • David Jackson: 17.5 pontos, 3 rebotes e 3.5 assistências.

Flamengo

Assim como Minas, faz parte do grupo D. No entanto, o Rubro-Negro entrou em quadra apenas uma vez, na vitória de 79 a 69 contra a equipe mineira.

A partida entre Flamengo e Instituto Córdoba aconteceria na sexta-feira, 5, mas precisou ser adiada momentos antes de seu iníco devido a casos de Covid-19 no elenco da equipe argentina.

Uma nova data para esse confronto ainda não foi definida e, por conta disso, o time comandado por Gustavo de Conti ocupa a segunda posição de seu grupo.

Destaques do Flamengo

  • Franco Balbi: 11 pontos, 6 rebotes e 9 assistências.
  • Marquinhos: 16 pontos, 4 rebotes e 1 assistência.
  • Olivinha: 12 pontos, 6 rebotes e 3 assistências.

E se acabasse hoje?

Caso a fase de grupos terminasse hoje, o desempenho dos brasileiros na Champions League colocaria São Paulo e Minas no quadrangular final ao lado de Titanes (grupo A) e San Lorenzo (grupo B). Na sequência do torneio, a próxima rodada da primeira fase acontecerá entre 4 e 9 de março.

Lucas Ardito Ver tudo

Tenho 18 anos e sou estudante de jornalismo na PUC-Campinas. Falo sobre basquete, futebol e o que mais vier!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: