Ir para conteúdo

Minas Storm confirma participação na Basketball Champions League Americas

Foto: Divulgação/MTC

A equipe Minas Storm aceitou o convite da International Basketball Federation (FIBA – Federação Internacional de Basquete) e está confirmada na disputa da segunda temporada da Basketball Champions League Americas, competição de clubes de maior importância do basquete continental. A disputa será a partir do próximo domingo (31/1) e se encerra em abril, com sistemas de “disputas em bolhas”, a princípio com três sedes iniciais confirmadas: Buenos Aires, na Argentina, Manágua, na Nicarágua e Rio de Janeiro, no Brasil.

A Liga das Américas, como é chamada na tradução livre, contará com 12 equipes participantes de seis nacionalidades: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Nicarágua e Panamá. Duas equipes do Uruguai que disputariam o torneio desistiram da competição, o que abriu mais uma vaga para o Brasil e outra para a Argentina. Além do Minas, a equipe do Obras Basket, de Buenos Aires, também foi convidada para o campeonato.

O Brasil será representado por outros três times: Flamengo, Sesi-Franca e São Paulo. O critério de qualificação para a Liga das Américas leva em consideração a classificação final do Novo Basquete Brasil (NBB) da temporada anterior. Como o Minas estava em quarto quando a competição nacional foi paralisada e, posteriormente, cancelada devido à pandemia de Covid-19, o time mineiro foi indicado pela Liga Nacional de Basquete (LNB) para a FIBA, que formalizou o convite à equipe minastenista nessa quarta-feira.

A princípio, o sistema de disputa será com quatro grupos de três clubes. Na chave A estão Real Esteli (Nicarágua), Titanes (Colômbia) e Caballos de Cocle (Panamá). O grupo B tem Quimsa (Argentina), CD Valdívia (Chile) e São Paulo (Brasil). No terceiro grupo (C) estão San Lorenzo (Argentina), Sesi-Franca (Brasil) e Obras Basket (Argentina). O Minas substituirá o Peñarol e está no grupo D, ao lado de Flamengo (Brasil) e Instituto Córdoba (Argentina). Devido às mudanças das equipes de última hora, a FIBA pode promover alterações em jogos e sedes, além do formato de disputa do torneio, que será confirmado nos próximos dias.

Para o técnico do Minas, Léo Costa, a oportunidade de disputar uma competição internacional chega em um bom momento para a equipe, que não pode disputar a Liga Sul-americana, adiada devido à pandemia. “Ficamos muito felizes com esse comunicado da FIBA de que a gente foi uma equipe selecionada para jogar a próxima Champions League, que é uma competição que a gente sempre teve como alvo. Acabou que a gente não pode jogar a Liga Sul-americana, que foi adiada, mas esse convite para a Champions vem em ótima hora. Espero que a gente consiga fazer uma participação muito boa e estamos todos muito motivados para o início deste campeonato, que já começa na próxima semana”, comenta o técnico do Minas Storm, que está na liderança do NBB 2020/21.

Formato de Bolhas
Assim como na primeira temporada, na qual o Quimsa de Santiago del Estero (Argentina) foi o campeão, a disputa desta segunda edição da Liga das Américas será disputada seguindo um rigoroso protocolo de segurança desenvolvido pela FIBA. A competição será sem público nas arenas e a entrada será permitida somente para pessoas credenciadas.

As primeiras “bolhas” serão disputadas na Arena Obras (Buenos Aires), Poliesportivo Alexis Argüello (Manágua) e Ginásio do Maracanãzinho (Rio de Janeiro), com as seguintes partidas:

Sede: Buenos Aires (Argentina) – Grupos B & C
Domingo (31/1)
– San Lorenzo x Obras Basket
– Quimsa x Valdivia

Segunda-feira (1º/2)
– Obras Basket x Sesi-Franca
– São Paulo x Valdivia

Terça-feira (2/2)
– San Lorenzo x Franca
– Quimsa x São Paulo

Sede: Manágua (Nicarágua) – GRUPO A
Quarta-feira (3/2)
– Real Estelí x Titanes

Quinta-feira (4/2)
– Titanes x Caballos

Sexta-feira (5/2)
– Real Estelí x Caballos

Sede: Rio de Janeiro (Brasil) – GRUPO D
Quarta-feira (3/2)
– Flamengo x Minas

Quinta-feira (4/2)
– Minas Storm x Instituto Córdoba

Sexta-feira (5/2)
– Flamengo x Instituto Córdoba

* Os horários dos jogos ainda serão confirmados pela FIBA.

A fase de grupos continuará com novas bolhas entre os dias 4 e 9 de março e 24 e 29 de março, podendo, inclusive, ter a Arena Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte (MG), como uma das sedes. Os vencedores de cada um dos grupos se reunirão em um quadrangular final (Final Four) entre 8 e 13 de abril, com sede a ser confirmada. No entanto, vale ressaltar, que a forma de disputa pode ser alterada nos próximos dias pela FIBA.

Os horários das partidas serão confirmadas nos próximos dias e os jogos serão transmitidos pela DIRECTV na Argentina, Uruguai, Chile, Colômbia, Bolívia, Equador, Peru e Paraguai. Os brasileiros poderão assistir aos jogos pelo canal digital DAZN e/ou pelo Youtube, assim como os demais países do mundo.

Redação Ver tudo

Publicações de releases

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: