Ir para conteúdo

Como maximizar o impacto ofensivo de Zion Williamson

Zion Williamson, o ala-pivô do New Orleans Pelicans, é um jogador diferente na NBA atual. Em uma liga com uma abundância de chutes de 3 pontos, Zion domina no garrafão. Entretanto, ele ainda tem muito a evoluir. 

Como todo jogador com algo a evoluir atualmente, a resposta fácil é: vai aprender a chutar de 3 que tudo vai ficar resolvido, Williamson. 

MAS! Ah, mas, Zion pode, muito bem sim, encontrar outras maneiras de pontuar sem se afastar tanto do garrafão. E, para isso, usaremos dois dos meus jogadores favoritos: (o meu favorito) Shaquille O’Neal e Charles Barkley.

Conheça o podcast do Blog do Souza!

Zion costuma buscar, quase que constantemente, o contato físico. É comum ter vantagem de peso, força e explosão sobre seu marcador. A ideia é que ele use a antecipação da defesa, que já vai esperar a agressividade, contra o próprio defensor. Tudo isso na meia distância ou no garrafão. 

 

 

Uma maneira simples de pegar a defesa de surpresa é girar rápido para o arremesso assim que receber a bola. Já esperando para usar força, o defensor estará com os pés “fincados” no chão e deve demorar para reagir. 

Assim que ele se preparar para defender esse arremesso com giro rápido, é hora de assinar o contragolpe. 

 

 

Um giro rápido para a cesta assim que a bola chega deve resolver isso.

Voltando para a meia distância, Williamson pode adaptar um velho conhecido do fã de basquete, mas trazê-lo para mais perto:

 

 

Quero ver alguém alcançar o stepback do Zion depois de levar uma ombrada dele no peito. 

Outra arma  ótima de Barkley que serviria perfeitamente nas mãos de Williamson é criar o contato em movimento e subir para o arremesso. O defensor vai sentir o corpo de Zion e ele vai ter espaço para o arremesso.

Já do lado do Shaq, a coisa é mais simples. O’Neal aprendeu a usar da melhor maneira sua combinação única de velocidade, habilidade, explosão, força e tamanho. Zion é uma “versão de bolso” de Shaq em vários aspectos, e pode usar alguns ensinamentos do pivô para pontuar facilmente. 

 

 

Uma coisa que Shaq fazia como poucos era usar sua surpreendente velocidade para chegar antes de todo mundo (ou, pelo menos, seu marcador) e conseguir uma posição perto da cesta. 

O outro jeito que faria sentido para Zion consistia em fazer Shaq começar em um lado do garrafão e cortar para o outro:

 

 

O objetivo aqui é que ele consiga, no caminho, cavar uma posição mais perto da cesta. E existem dois bônus, ele pega no ritmo para girar e pontuar e dificulta a ajuda. 

Esses são algumas maneiras de maximizar Zion no ataque sem que ele saia de perto da cesta. Ele ainda é uma ameaça constante, seja com a bola nas mãos, seja caçando rebotes ofensivos. Seria uma pena ver alguém tão diferente começar a jogar como todo mundo. 

Rubens Borges Ver tudo

Rubens Borges entrou no jornalismo esportivo em 2005, no BasketBrasil. Tempos depois, se juntou ao Blog Squad do site da NBA no Brasil. Entre os dois trabalhos, ele iniciou o blog e Twitter do Hit the Glass. Nas quadras, jogou em times como o Petrópole Tênis Clube e PUCRS.

Um comentário em “Como maximizar o impacto ofensivo de Zion Williamson Deixe um comentário

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: