Ir para conteúdo

Becky Hammon faz história na rodada como primeira mulher a assumir um time na NBA

A rodada desta quarta (30) foi uma das reduzidas, com apenas seis jogos sendo disputados. Destaque em quadra para o reencontro entre Milwaukee Bucks e Miami Heat, depois de uma vitória espetacular do time de Giannis em cima da franquia da Flórida ontem. Mas fora dela, o dia foi histórico, com Becky Hammon assumindo a prancheta dos Spurs e sendo a primeira mulher a estar como técnica principal na NBA em um jogo da temporada regular.

Siga com os dados das partidas, melhores momentos e a opinião dos internautas:

MEMPHIS GRIZZLIES 107 x 126 BOSTON CELTICS

A noite foi de Jaylen Brown, que alcançou seu máximo de pontos na carreira – 42, sendo 18 deles anotados apenas no segundo quarto. Com a liderança de Brown, Jayson Tatum fez um jogo mais tranquilo, marcando 16 pontos nos seus 23 minutos em quadra. Destaque defensivo para Robert Williams III, que em 22 minutos foi o maior reboteiro do time do Boston, com dez.

Em um Memphis sem Ja Morant, que torceu o tornozelo na última partida, o time perdeu sua força ofensiva, sobrando para o pivô Jonas Valanciunas assumir o papel de scorer, com 20 pontos e 11 rebotes.

ATLANTA HAWKS 141 x 145 BROOKLYN NETS

Desde o primeiro quarto, o confronto assumia ares de jogaço e os fãs da NBA já se arriscavam em previsões de quase 300 pontos combinados entre as franquias:

Kyrie Irving demorou para entrar no ritmo do jogo, e apenas no último quarto é que marcou 17 pontos – dos 25 totais na partida. Mas o outro astro do Nets, Kevin Durant, conseguiu mais constância, anotando 33 pontos e 11 rebotes.

Trae Young, que viu seu time perder fora de casa a vantagem de quatro jogos consecutivos com vitórias, fez 30 pontos, mesmo score de John Collins, que ainda pegou dez rebotes.

MILWAUKEE BUCKS 108 x 119 MIAMI HEAT

O Heat devolveu em casa a derrota por 47 pontos da noite passada, tendo em Goran Dragic, saindo do banco, seu maior marcador, com 26 pontos, seguido por Bam Adebayo, que teve quatro a menos. Tyler Herro estava em uma noite de recorde pessoal, com 15 rebotes.

Com mais um triple-double na carreira, Giannis Antetokounmpo voltou a assumir a liderança em pontos para o Bucks (26, além de 13 rebotes e dez assistências), em noites anteriores onde Khris Middleton foi o grande destaque – mas dessa vez, o parceiro do grego marcou apenas oito pontos. Donte DiVincenzo cravou 15, e, em mais uma boa noite do recém-incorporado ao time, Jrue Holiday, pudemos ver o antigo jogador do New Orleans Pelicans fazendo 13 pontos.

CHARLOTTE HORNETS 118 x 99 DALLAS MAVERICKS

LaMelo foi o grande marcador do Hornets, com 22 pontos em 29 minutos. Miles Bridges, em excelente partida, fez dois a menos e um excelente número de rebotes – 16.

Luka Doncic, muito bem marcado pelo Charlotte, fez apenas 12 pontos, deixando para Tim Hardaway Jr. o maior número de pontos do time do técnico Rick Carlisle, anotando 18.

LOS ANGELES LAKERS 121 X 107 SAN ANTONIO SPURS

Com a expulsão de Gregg Popovich no segundo quarto, por se referir de maneira não profissional ao árbitro Tony Brown, Becky Hammon assumiu o controle do Spurs e quebrou uma marca importante: foi a primeira mulher a assumir a prancheta como técnica principal de uma equipe na NBA durante um jogo de temporada regular. Fãs e produtores de conteúdo de basquete feminino no Brasil comemoraram o feito:

No dia do aniversário de LeBron James, tivemos também outro recorde: foi a milésima partida consecutiva onde ele marcou mais de dez pontos – nessa foram 26.

Para o San Antonio, Dejounte Murray fez 29 pontos, sete assistências e um igual número de rebotes, e DeMar DeRozan, 23.

PORTLAND TRAIL BLAZERS 105 x 128 LOS ANGELES CLIPPERS

O último jogo da noite, uma partida entre dois grandes competidores da conferência Oeste, teve a vitória conquistada pelo Clippers. Seus principais marcadores foram Kawhi Leonard, com 28 pontos e dez assistências, e Paul George, com 23 pontos e dez rebotes.

Para o lado do Blazers, Damian Lillard e CJ McCollum fizeram juntos 45 pontos – sendo 25 de CJ.

Categorias

NBA, Sem categoria

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: