Ir para conteúdo

A batalha da capital

Pela primeira vez na história do Novo Basquete Brasil (NBB) existem duas equipes do Distrito Federal participando da competição: o tricampeão Brasília Basquete e o novato Cerrado Basquete. Infelizmente, o primeiro duelo entre os times ocorrerá no Ginásio Poliesportivo Parque de São Jorge, em São Paulo, por conta dos protocolos contra o Covid-19 feitos pela Liga Nacional de Basquete (LNB).

A partida medirá as forças de clubes que vivem realidades parecidas até o momento. Em treze jogos, Brasília conquistou a vitória em apenas duas oportunidades, contra Pinheiros e Sesi Franca. Enquanto o Cerrado ganhou apenas uma vez em doze jogos, contra KTO/Caxias do Sul.

A batalha da capital será um orientador direto para o segundo turno do NBB, com duas equipes que buscam a vaga nos playoffs do campeonato. E com isso é esperado que alguns atletas se sobressaiam e busquem a responsabilidade no 06 de janeiro.

O Cerrado tem sido liderado por JC Fuller, que participou de todos os jogos até o momento, com médias de 15.8 pontos, 4.2 rebotes e 13 eficiência. Paulo Lourenço também vem se destacando e é uma grata surpresa na temporada, com médias de 5.3 rebotes e 12.9 eficiência. Apesar dos bons números e partidas parelhas, a equipe tem demonstrado dificuldade de converter o desempenho em vitórias.

Foto: Antonio Penedo/Mogi Basquete

O Brasília jogará sem um dos principais atletas, Pedrinho Rava sofre de uma lesão, enquanto o experiente Nezinho é dúvida para a partida. Entretanto, Yeager, Diego e Laster estão segurando as pontas da equipe nos últimos jogos. Enquanto os alas lideram o time no ataque com médias de 18.8 e 13.7 pontos por jogo, respectivamente. Enquanto isso, Diego comanda o garrafão com rebotes com 7 por partida.

Foto: João Pires/LNB

Um fato importante envolvendo os brasilienses é a coletividade, com cinco atletas passando de 10 pontos de média, mas assim como os vizinhos, existe uma grande dificuldade de conquistar vitórias, sendo a partida contra o Franca o auge da equipe na temporada, mesmo sem Nezinho, Gemerson, Rava, Arthur e Danilo.

Além dos dois pontos disputados, haverá muita coisa em jogo no confronto, como a divisão de protagonismo na capital, superar as dificuldades do início da temporada, a tentativa de melhorar na tabela e a briga total pelas últimas vagas dos playoffs.

Lorenzo Goulart Bonone Ver tudo

Sou um estudante do ensino médio de Caxias do Sul. Fã de basquete e filmes. Escrevo sobre NBB no Blog do Souza e cultura pop no Despida Mente.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: