Ir para conteúdo

Raulzinho: “Eu me preparei bem para essa temporada”

FOTO: Shawn Thew/USA TODAY Sports

Raulzinho acaba de vir de uma das melhores noites da carreira. No domingo (27), o armador foi titular do Washington Wizards contra o Orlando Magic e registrou 22 pontos (igualando a melhor marca dele na NBA), 5 assistências, 4 rebotes e 3 roubos de bola. Só não veio a vitória, já que o Wizards desperdiçou uma vantagem de 17 pontos no último quarto e perdeu por 120 a 113. Vitórias, aliás, ainda não vieram nesta temporada, já que a franquia de Washington tem até agora três jogos disputados e três derrotas.

Mas o horizonte oferece boas perspectivas para Raul. A oportunidade de começar a partida veio porque o novo armador titular, Russell Westbrook, foi poupado do back-to-back (Orlando e Washington haviam se enfrentado na noite anterior), o que deve acontecer mais vezes na temporada. Para quem quiser marcar no calendário, ainda nesta semana o Wizards joga em dois dias seguidos: no dia 31, contra o Chicago Bulls e no primeiro dia de 2021, contra o Minnesota Timberwolves. Antes disso, na noite desta terça-feira, às 21h, Raulzinho encara o Bulls na primeira das duas partidas consecutivas entre as equipes, as duas na Capital One Arena, em Washington.

O veterano de seis temporadas na NBA conversou com exclusividade com o Blog do Souza e falou sobre diversos assuntos, inclusive o momento oportuno que vive na capital americana.

Considerando sua performance quando teve a oportunidade e a possibilidade de Westbrook ser poupado mais vezes por conta do load management, você acredita que esse pode ser o seu grande momento na liga?

Raulzinho: Eu me preparei bem para essa temporada. Todo ano busco me preparar da melhor maneira e entender o meu papel na equipe, como vou colaborar com o time. Fico feliz pelo meu começo, mas isso só vai fazer sentido quando estivermos jogando no nosso melhor nível, o nosso melhor jogo, e sabemos que podemos e vamos crescer muito, semana a semana. Fui bem recebido e estou muito confiante no meu jogo, sei que posso ajudar a equipe em quadra e fora dela, pela minha experiência na liga. É o começo do campeonato, temos um bom time e vamos evoluir.

Quais têm sido as primeiras impressões sobre o sistema de jogo do Wizards?

Ainda estou me adaptando ao sistema de jogo, mas estou me sentindo bem, com liberdade para jogar e ajudando a equipe. O time teve mudanças importantes no elenco e precisamos de um tempo para que tudo se ajuste. As coisas estão acontecendo rápido, especialmente pelos jogadores que chegaram, que trouxeram experiência e qualidade ao grupo. Estamos trabalhando forte e vamos crescer, aos poucos vamos encaixar melhor o nosso padrão de jogo.

Na última temporada, você foi reserva do Ben Simmons. Agora, é o back-up do Russell Westbrook. Eles são dois dos armadores mais falados e analisados da liga. Como você compararia o estilo dos dois?

Simmons e Westbrook possuem muitas qualidades, mas estilos bem diferentes. Passei uma temporada ao lado do Ben na Philadelphia, um jogador inteligente, com ótima visão de jogo, que tem muitos recursos, ótima envergadura e dita o ritmo do jogo. Westbrook eu conheço mais como adversário do que como companheiro ainda, tivemos poucas semanas de treinos e foram poucos jogos até agora, mas todo mundo sabe do seu potencial, é um jogador intenso, que tem um jogo muito físico, uma explosão absurda e está sempre olhando para a cesta. Está sendo bom tê-lo do mesmo lado, é um jogador bastante completo e que traz o time junto com ele.

Ben Simmons e Russell Westbrook: companheiros de Raulzinho no passado e no presente. FOTO: Bill Streicher/USA TODAY Sports

Você viveu a experiência da bolha na Disney e agora começa essa nova temporada com outras restrições e recomendações por causa da Covid-19. Quais são as grandes diferenças que você percebeu entre as duas situações?

É bem diferente. A experiência em Orlando foi única e a bolha foi bem executada. Não faltou nada. Pelo contrário, foi tudo perfeito, bem planejado e todos estavam em segurança, com conforto e as melhores condições para a retomada da temporada. Agora é bem diferente, apesar de não ser uma temporada ‘comum’, estamos ficando em casa, voando para outras cidades, fazendo testes todos os dias e jogando nas arenas, só que sem público, com um número reduzido de pessoas. É uma sensação diferente. Na bolha estávamos num ambiente diferente, havia uma sensação estranha no início com o isolamento, jogamos para fãs virtuais…agora ainda estamos nos acostumando a jogar nas arenas vazias. Faz parte. É preciso pensar na segurança e na saúde, nos protocolos, pois a pandemia não acabou.

Raulzinho em ação na pré-temporada, contra o Detroit Pistons de Blake Griffin. FOTO: Nick Wass/AP Photo

O torneio pré-olímpico está marcado, a princípio, para acontecer em junho, quando a temporada ainda estará em andamento e você poderá ainda estar em quadra nos playoffs. Já houve alguma conversa com o Petrovic sobre isso? Você já chegou a pensar nessa possibilidade?*

*Antes da resposta do Raulzinho: A data prevista, ainda não fechada, para o início dos torneios pré-olímpicos da FIBA é o dia 22 de junho de 2021. Os playoffs da NBA estão agendados para acontecer de 22 de maio a 22 de julho do ano que vem. Se você não acredita que o Washington Wizards vai chegar tão longe, lembre-se sempre que Raulzinho pode terminar a temporada em outro lugar. Mantendo a produção recente e com um contrato mínimo, ele pode ser uma peça atraente para alguma equipe em busca do título.

Raulzinho: Ainda não parei para pensar nisso, estou focado na temporada. Tenho conversado com o Petrovic, sim, quero muito estar no Pré-Olímpico, poder defender o Brasil e ajudar a Seleção Brasileira a conquistar essa vaga para os Jogos do Japão.

Igor Santos Ver tudo

Formado em Jornalismo pela UFRJ, tenho passagens pelo Jornal dos Sports e por O Globo. Desde 2013 estou na TV Brasil, onde sou repórter e apresentador do programa Stadium. Também escrevo umas palavrinhas sobre basquete pra Agência Brasil desde 2019.

Um comentário em “Raulzinho: “Eu me preparei bem para essa temporada” Deixe um comentário

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: