Ir para conteúdo

Doc Rivers responde às críticas de Paul George

Foto: Kirby Lee-USA TODAY Sports

O técnico Doc Rivers (Philadelphia 76ers) manteve a classe ao emitir uma resposta aos comentários recentes feitos pelo ala do Los Angeles Clippers, Paul George , nos quais criticou o trabalho que Rivers fez com os Clippers na última temporada. Os Clippers, que muitos esperavam disputar o título na temporada passada, foram eliminados nas semifinais da Conferência Oeste pelo Denver Nuggets depois de assumir uma vantagem de 3-1 na série. 

“Ei, ouça, gostei de treiná-lo”, disse Rivers sobre George, segundo The Philadelphia Inquirer . “Então, não há muito o que dizer. Ty Lue estava sentado ao meu lado. É melhor ele torcer para que não sejam ajustes. Não vai ser muito diferente… Escute, perdemos o jogo e acho que todo mundo precisa para assumir a responsabilidade. [Eu] obviamente. Sempre podemos fazer melhor. Os jogadores podem jogar melhor. Por isso, no que me diz respeito, vou deixar isso aí. “

George criticou a maneira como Rivers o usava ofensivamente e também criticou a falta de ajustes de Rivers ao longo da série contra o Nuggets. 

“Do jeito que eu estava sendo usado, senti que Doc estava tentando me jogar como um Ray Allen ou como um JJ Redick, todos pin-downs. Eu posso fazer isso, mas esse não é o meu jogo”, disse George. “Eu preciso de um pouco de fluxo, preciso de algumas combinações de pick-and-roll, sabe o que quero dizer? Aquela última temporada foi difícil no geral.”

“No final do dia, acho que não merecíamos. Não estávamos preparados o suficiente para isso – apenas fazendo ajustes do ponto de vista. Não estávamos preparados. Não colocamos muito trabalho nisso.” 

Os Clippers falharam em corresponder às expectativas na temporada passada, e George obviamente tem direito a sua opinião. No entanto, parece estranho basicamente jogar toda culpa no seu ex-treinador, especialmente porque George não rendeu o que se espera dele na pós-temporada. O ex-jogador da NBA Kendrick Perkins , que jogou pelo Rivers no Boston Celtics , chegou a chamar os comentários de George de covardes . 

“Foi uma jogada covarde do Paul George, ao culpar Doc Rivers por sua falta de produtividade e por não ser responsável por ele não aparecer na quadra de basquete”, disse Perkins. “Foi um movimento covarde na minha opinião e ele deveria ter se responsabilizado e não culpar Doc por ele não estar agindo da maneira que deveria.” 

Considerando o fato de que George tem um novo treinador em LA e Rivers mudou para a Filadélfia, os comentários de George pareceram desnecessários, e claramente não parece que Rivers perdeu muito sono por causa deles. 

Felipe Souza Ver tudo

Sou o criador do site HSBasketballBR, Blog do Souza e fui co-criador do Live College BR. Fui o primeiro brasileiro a escrever sobre high school para um site americano, o D1Vision. Trabalhei para a Liga Super Basketball como repórter e assessor de imprensa. Também escrevi para os blogs como Jumper Brasil e TimeOut Brasil, tive textos publicados pelo Bala Na Cesta. Trabalho de Scout nas horas vagas e acredito que o estudo diário do basquete, me faz um profissional melhor.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: