Ir para conteúdo

Léo Figueiró vai bem no intervalo e Zopone/Gocil Bauru Basket derrota o Paulistano ‘de virada’

Foto: Victor Lira/Bauru Basket

O Zopone/Gocil Bauru Basket derrotou o Paulistano/Corpore Paulistano/Corpore, nesta terça-feira (08 de dezembro), por 81 a 62 (34 a 41 no primeiro tempo), em jogo disputado no ginásio Municipal Professor Hugo Ramos, na cidade de Mogi das Cruzes (SP), no prosseguimento do segundo ciclo de jogos na fase inicial do Novo Basquete Brasil (NBB) – 2020/2021. Com este resultado, o time de Bauru segue com 100% de aproveitamento, somando agora seis resultados positivos consecutivos.

O primeiro tempo foi pertencente ao time da capital paulista, que levou ligeira vantagem no quarto inicial e conseguiu desgarrar um pouco no segundo. O ala/pivô norte-americano Tyrone Curnell foi o grande nome do representante de Bauru nos dois períodos iniciais, pois conseguiu um grande aproveitamento ofensivo – 20 a 22 (primeiro quarto) e 14 a 19 (segundo quarto).

O técnico Léo Figueiró foi extremamente eficiente no intervalo, visto que o Zopone/Gocil Bauru Basket retornou muito bem para o terceiro quarto, melhorando não só o seu desempenho defensivo, mas crescendo também no ataque: Tyrone Curnell manteve o bom aproveitamento, Alex Garcia evoluiu nos dois lados da quadra e Alexey Borges foi muito bem na condução da equipe – 22 a 12 (terceiro quarto).

Nos dez minutos finais, o Zopone/Gocil Bauru Basket manteve à ‘pegada’ do quarto anterior, seguiu atuando com seriedade e fez a diferença crescer mais para garantir o resultado positivo neste confronto diante de um concorrente direto – 25 a 09 (quarto final).

Para Alexey Borges, o Zopone/Gocil Bauru Basket cresceu bastante no segundo tempo. “No primeiro tempo não conseguimos defender bem e perdemos alguns rebotes e quando pegamos o rebote, não realizávamos os contra-ataques de forma eficiente. Isso que fez com que o jogo ficasse arrastado; sem falar que o nosso adversário teve um bom aproveitamento”, analisou.

“Já no segundo tempo mudamos a postura defensiva, fomos mais agressivos, provocando mais erros por parte do Paulistano, baixando bem o aproveitamento ofensivo deles. A saída para o contra-ataque também melhorou bem nos dois períodos finais”, completou o armador do representante de Bauru.

Jogaram pelo Zopone/Gocil Bauru Basket: 0. Tyrone Curnell (26 pontos, 03 rebotes e 01 bola recuperada), 1. Gui Deodato (08 pontos, 06 rebotes, 03 assistências e 02 bolas recuperadas), 3. Alexei Patrício (01 rebote e 02 bolas recuperadas, 4. Larry Taylor (09 pontos, 01 rebote, 04 assistências e 01 bola recuperada), 8. Alexey Borges (14 pontos, 02 rebotes, 08 assistências e 02 bolas recuperadas), 10. Alex Garcia (14 pontos, 08 rebotes, 06 assistências e 02 bolas recuperadas), 11. Emanuel Matias, 12. Lukas Josuel (02 pontos), 16. João Pedro (04 pontos e 01 bola recuperada) e 20. Dikembe Silva (04 pontos, 04 rebotes e 02 bloqueios).

Comissão Técnica: Vanderlei Mazzuchini Junior (supervisor), Léo Figueiró (técnico), Hudson Previdelo e Everton Moraes (assistentes técnicos), Bruno Camargo (preparador físico), Gustavo de Carvalho Lopes e José Bassan (fisioterapeutas), Roger Tedde Mansano e Carlos Eduardo Moraes Matos (médicos), Anderson Luiz Guimarães e Tatá (gerente de operações).

Já os maiores pontuadores do Paulistano/Corpore foram Cauê Borges (13 pontos e 03 assistências) e Maique de Oliveira (12 pontos e 04 rebotes).

O próximo compromisso do Zopone/Gocil Bauru Basket será contra o Pato Basquete, na quinta-feira (10 de dezembro), às 17h (de Brasília), novamente no ginásio Municipal Professor Hugo Ramos, em Mogi das Cruzes (SP).

Categorias

NBB

Tags

,

Redação Ver tudo

Publicações de releases

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: