Ir para conteúdo

9ª rodada – Bayern consegue vitória maiúscula e se aproxima da ponta

Aconteceu nesta terça e quarta-feira (17 e 18) a 9ª rodada da temporada regular da Euroliga, a primeira das duas programadas para esta semana. Uma das nove partidas precisou ser adiada: o confronto entre o líder Barcelona (ESP) e o então terceiro colocado Olympiacos (GRE) não pôde ser realizado, pois o clube grego passa por um surto de COVID-19. Mesmo sem o grande clássico, a rodada teve grandes jogos, incluindo uma vitória gigantesca do vice-líder Bayern de Munique sobre um grande rival, dando sinais de que a boa campanha do time não é um mero acidente.

>>LEIA TAMBÉM: 8ª rodada – Barça segue líder isolado e CSKA e Olympiacos chegam ao “G4”

O jogo da rodada

https://www.euroleague.net/rs/b4folrgdiexktsqf/36ff728a-03e2-482a-bbe3-ebc349921a15/c4e/filename/nihad-dedovic-fc-bayern-munich-eb20.jpg

Grande surpresa da temporada, o vice-líder Bayern de Munique (ALE) teve um duro adversário pela frente na terça-feira, indo até Istambul visitar o embalado Anadolu Efes (TUR), que vinha de três vitórias consecutivas. Para dificultar ainda mais as coisas para os bávaros, o clube turco contou com o retorno de lesão de sua grande estrela, o ala-armador Shane Larkin, que havia feito apenas um jogo até agora, na 6ª rodada. A partida também protagonizou o duelo entre dois dos melhores treinadores da Europa, com Ergin Ataman, do Efes, e Andrea Trinchieri, do Bayern.

O Bayern se recuperou de um início de jogo ruim, em que esteve perdendo por 10 a 3 no primeiro quarto, para virar o jogo ainda no primeiro período e construir uma pequena vantagem no segundo. Os alemães foram para o vestiário vencendo por cinco pontos. Mas no terceiro quarto a letal dupla de armação do Efes, de Vasilije Micić e Larkin, começou a brilhar e ajudou a impulsionar a equipe para uma vitória por 20 a 8 no período. A vantagem de sete pontos com a qual o Efes iniciou o último período não demorou muito para subir para dez em menos de três minutos. Parecia que o gigante turco estava com a vitória encaminhada, mas o Bayern tinha outros planos.

Após um pedido de tempo, os alemães iniciaram uma incrível reação, conduzida de forma coletiva e uma defesa muito forte. O Bayern limitou o Efes a apenas quatro pontos durante os cinco minutos seguintes, permitindo-lhe cortar a vantagem turca para apenas um ponto a cerca de dois minutos para o fim, com uma cesta de três do ala Nick Weiler-Babb. A partir daí, a partida seria vencida por quem errasse menos e essa equipe foi o Bayern. O time empatou o jogo em 70 a 70 já dentro dos dois minutos finais, após um roubo de bola extraordinário de Vladimir Lučić, que serviu Jalen Reynolds para fazer cesta e ainda sofrer a falta. Parando o Efes na defesa, o Bayern achou o mesmo Reynolds para duas cestas decisivas no minuto final, que sacramentaram a vitória por 74 a 71 para os visitantes.

Foi a terceira vitória seguida e a sétima do Bayern em nove jogos, o melhor início da história do clube na Euroliga. O clube se solidifica ainda mais na vice-liderança e, por ter batido um dos times mais fortes da Europa, manda uma mensagem para o resto da liga. Para o Efes, a derrota interrompe a grande reação do clube, mas ele ainda está na zona de classificação, com quatro vitórias em oito jogos.

Com show de Mike James, CSKA vence clássico contra o Žalgiris; Dubljević estabelece recorde histórico pelo Valencia

Ao contrário do Efes, o CSKA Moscou (RUS) deu prosseguimento à sua grande reação na temporada. Os moscovitas foram até a Lituânia fazer o grande clássico dos tempos soviéticos contra o Žalgiris Kaunas (LIT) e conseguiram uma vitória importantíssima neste confronto direto. Com um partida bem característica do CSKA, o time teve um forte início, no qual conseguiu abrir 15 pontos de vantagem ainda na metade do segundo quarto.

https://www.euroleague.net/rs/b4fyy7b4gkn7mwyn/36ff728a-03e2-482a-bbe3-ebc349921a15/798/filename/mike-james-cska-moscow-eb20.jpg

Mas o Žalgiris foi valente e não desanimou. Os lituanos passaram todo o segundo tempo correndo atrás do empate e de sua primeira liderança na partida. O CSKA foi forte em não deixar o rival encostar pela maior parte do tempo, mas a reação dos donos da casa foi forte, especialmente no último quarto. A pouco mais de um minuto para o fim, o veterano Paulius Jankūnas sofreu uma falta e acertou os lances livres que deixaram os anfitriões somente um ponto atrás, 79 a 78. Mas foi aí que brilhou a estrela do armador Mike James, do CSKA. O americano chamou para si a responsabilidade e conseguiu fazer incríveis oito pontos em 40 segundos, incluindo duas cestas de três espetaculares e acabou com o jogo, dando à vitória aos russos por 87 a 78.

James (arremessando na foto acima) terminaria como o cestinha e melhor jogador da partida, com 27 pontos e cinco assistências. Esta foi a quarta vitória seguida do CSKA, que tem agora seis em nove jogos e ocupa a terceira colocação, subindo uma em relação à rodada passada. O Žalgiris, que chegou a liderar a Euroliga, sofre a terceira derrota seguida, e tem agora cinco vitórias em nove jogos, caindo para o sexto lugar.

Em uma noite histórica para o clube, o Valencia (ESP) recebeu e derrotou o Panathinaikos (GRE) por 95 a 83 e alcançou a quinta vitória em oito jogos. A noite foi marcante para os Laranjas, pois o pivô  montenegrino Bojan Dubljević alcançou uma marca histórica: com uma cesta de três no terceiro quarto, o jogador chegou a 5.591 pontos com a camisa do time e se tornou o maior pontuador da história do clube. Ele embelezou ainda mais o seu legado no time, que em nove anos já tem vários títulos importantes e uma ligação emocional muito forte com a cidade e a comunidade valenciana.

https://pbs.twimg.com/media/EnGxE2XWEAAWIIH?format=jpg&name=4096x4096

Dentro de quadra, as coisas não foram fáceis, como o placar final possa transparecer. Os gregos venderam caro o resultado e não deixaram os donos da casa abrir grande vantagem em momento algum nos primeiros três quartos. Os visitantes chegaram a cortar para apenas dois pontos a vantagem valenciana no início do último quarto. Mas foi aí que começou o show do ala-pivô Derrick Williams, que com dez pontos só no período, ajudou o Valencia a anular o Panathinaikos e a matar o jogo. Com uma parcial de 11 a 1 em três minutos, os espanhóis abriram 12 pontos de vantagem e os gregos não encontraram a motivação para reagir, mesmo com mais de meio quarto ainda por jogar. Além dos 14 pontos marcados por Williams, o Valencia contou também com um brilhante Klemen Prepelič, com 18 pontos e seis assistências, e três outros atletas pontuando em duplos-dígitos.

Baskonia atropela Fenerbahçe e Khimki vence clássico russo

Outros dois jogos completaram a abertura da rodada na terça-feira. O Baskonia (ESP) interrompeu uma seqüência de três derrotas, ao atropelar sem maiores dificuldades o Fenerbahçe (TUR), em casa, por 86 a 68. O atual campeão espanhol teve vários jogadores com atuações muito boas, incluindo quatro pontuando em duplos-dígitos e o armador Pierriá Henry distribuindo dez assistências. Mas a melhor delas foi a do pivô americano Alec Peters, que fez 25 pontos e pegou sete rebotes. O Fenerbahçe jogou praticamente a terceira partida sem sua principal peça ofensiva, o ala-armador Nando de Colo, e sofre a segunda derrota seguida, tendo agora quatro vitórias em nove jogos. O clube permanece fora da zona de classificação, mas mantém-se por perto, agora na décima colocação. O Baskonia chega à terceira vitória em sete jogos e sobe uma posição, agora na 13ª, chegando mais perto da zona de classificação.

Quem também se reencontrou com a vitória foi o Khimki (RUS), que foi até São Petersburgo, na própria Rússia, para jogar um clássico nacional contra o Zenit São Petersburgo (RUS). Ocupando a lanterna do torneio, com apenas uma vitória em seis jogos, por ter jogado quase todas as primeiras rodadas seriamente desfalcado, o Khimki prevaleceu e bateu o rival por 88 a 83, e deixando o último lugar. Com a presença de torcida, a partida foi eletrizante do início ao fim, sem longos momentos de dominância por uma das equipes. No final, prevaleceu a profundidade do forte elenco do Khimki e, principalmente, o talento individual do astro Alexey Shved, dono de sete pontos no último quarto e da cesta de três decisiva, que praticamente deu a vitória aos visitantes. Foi apenas a segunda derrota do Zenit, que tem quatro jogos a menos na temporada.

Defesa do Real impulsiona o time para a quarta vitória seguida; ALBA e Estrela Vermelha vencem confrontos diretos

Naquela que pode ter sido uma das últimas partidas do argentino Facundo Campazzo com a camisa do time, o Real Madrid (ESP) recebeu e passou por cima do Maccabi Tel Aviv (ISR) na capital espanhol. O armador vem sendo ligado há meses a rumores de que ele partirá para a NBA, que acaba de abrir sua temporada de negociações. Ele comandou a forte defesa dos “Merengues” na partida e ainda distribuiu 12 assistências, ajudando quatro companheiros a pontuarem em duplos-dígitos, incluindo o compatriota Gabriel Deck, cestinha do time com 16 pontos. O Real abriu grande vantagem logo no primeiro quarto e o Maccabi não teve forças de reação, o que permitiu aos donos da casa ampliarem a vantagem mais e mais. No último quarto, ela chegou a ser de 19. O placar final foi de 79 a 63, nesta que foi a quarta vitória seguida da equipe. Com cinco vitórias em nove jogos (é a primeira vez que o clube tem uma campanha positiva), o Real salta duas posições, agora sexto colocado. O Maccabi continua seu ano de pesadelo, tendo sofrido a sexta derrota em nove jogos, agora na 14ª posição.

https://www.euroleague.net/rs/b4iflkfsehet3a7m/36ff728a-03e2-482a-bbe3-ebc349921a15/2f8/filename/facundo-campazzo-real-madrid-eb20.jpg

Na capital alemã o ALBA Berlim (ALE) recebeu a visita do ASVEL (FRA) em um duelo de dois dos times de piores campanhas até aqui, com ambos os clubes tendo vencido somente um dos seis jogos que disputaram. Os franceses foram melhores durante a maior parte do jogo, construindo pouco a pouco uma vantagem que chegou a ser de 13 e, no início do último período, era de dez pontos. Porém, os germânicos voltaram com uma atitude bem diferente no último quarto e conseguiram reagir. Eles tiveram a posse de bola nos últimos segundos do jogo, perdendo por dois pontos e o armador Peyton Siva, voltando de lesão, acertou sua única bola de três no jogo, contando com uma falha de seu marcador e deu a vitória aos anfitriões por 76 a 75. O ALBA ultrapassa o Khimki, agora com duas vitórias em sete jogos, ocupando a 16ª posição. Já o ASVEL amarga a lanterna do torneio, com seis derrotas em sete jogos.

O Estrela Vermelha (SER) foi até Milão visitar a Olimpia Milano (ITA), em um duelo de duas equipes ainda no meio da tabela. Após um bom início dos donos da casa, o Estrela fez um segundo quarto avassalador, virando o jogo e indo para os vestiários com uma pequena vantagem de quatro pontos. Os sérvios não se apequenaram e mantiveram-se firmemente com a liderança no terceiro quarto, apoiando-se em uma defesa muito forte. Eles começaram o último período com seis pontos de frente e novamente com uma forte defesa, não permitiram que os italianos se aproximassem. Contando com muitos erros e a falta de criatividade dos locais, o Estrela aumentou sua vantagem e venceu no fim por 87 a 79. Com a quarta vitória em nove jogos, os sérvios saltam quatro posições e estão agora em nono. A Olimpia cai para o 12ª lugar, agora com três vitórias em seis jogos.

Mantenha-se atualizado sobre a situação dos jogos adiados. Confira a nossa tabela com a lista de tais jogos e as novas datas de suas realizações, que já foram divulgadas até o momento:

Confira como ficou a classificação geral da Euroliga após a 9ª rodada:

Equipe EuroLeague Brasil Ver tudo

Perfil brasileiro dedicado à maior liga europeia de basquete. Você nos encontra no Instagram e Twitter por: @EuroLeagueBRA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: