Ir para conteúdo

7ª rodada – Barcelona “atropela” e assume a liderança isolada

Finalmente, na sétima rodada da Euroliga, realizada nesta quinta e sexta-feira (6 e 7), tivemos a oportunidade de assistir todos os jogos da semana sem haver adiamentos. Foi a primeira vez desde a segunda rodada que todos os nove jogos foram disputados normalmente na mesma semana. Porém, algumas das equipes que ficaram dias sem jogos acabaram sofrendo as consequências dentro de quadra. Um dos clubes que se deram bem com a situação foi o Barcelona, que acabou assumindo a primeira posição, graças também ao seu arquirrival Real Madrid. Além disso, foi uma rodada para que times que estavam em seca de vitórias pudessem experimentar o gosto do triunfo.

>>LEIA TAMBÉM: 6ª rodada – Clubes em má fase vencem e a tabela se equilibra

Olympiacos vence fora de casa e encosta nos primeiros colocados

O primeiro jogo da rodada foi o duelo entre Zenit São Petersburgo (RUS), clube que não jogava pela Euroliga desde a segunda rodada, e Olympiacos (GRE), na Rússia. O time grego teve um grande desfalque logo no início do jogo, o ala-armador americano Aaron Harrison. Ele sofreu uma contusão no joelho direito, que o deixará fora das quadras por no mínimo três semanas. Harrison tinha uma média de 7,6 pontos, 2,0 rebotes e 1,6 assistências, além de ser de grande importância no esquema tático sem a bola. Apesar da grande perda no elenco, o clube grego conseguiu sair vencedor e acabar com a invencibilidade do Zenit, pelo placar de 75 a 66.

O jogo começou com uma grande pressão grega, liderados por Hassan Martin (cestinha da partida com 16 pontos), chegando a abrir seis pontos de vantagem no primeiro quarto. Porém os russos, jogando em casa, souberam aproveitar bem os pequenos erros do Olympiacos e alavancar uma virada no final do primeiro período, dando indícios de uma grande partida. Contudo, todo o esforço do Zenit no primeiro quarto não veio para o período seguinte, no qual marcou apenas sete pontos. Foi uma grande oportunidade para a equipe visitante impôr um ritmo muito agressivo e ir para o vestiário vencendo por 41 a 27.

Os jogadores de Georgios Bartzokas continuaram dominando a partida, segurando a grande vantagem que conquistaram na primeira etapa. Os donos da casa ainda ameaçaram encostar no placar faltando quatro minutos para o término da partida, mas por conta de uma linda cesta de três pontos de Sasha Vezenkov, os esforços da equipe russa começaram a vir abaixo novamente, sendo assim assegurada a vitória grega fora de casa.

Efes e ASVEL conquistam vitórias importantes e Barcelona humilha o ALBA Berlim
Outro time que também estava desfalcado, mas que conseguiu se sagrar vitorioso foi o Anadolu Efes (TUR). A equipe turca, sem sua maior estrela, o ala-armador Shane Larkin e o pivô Bryant Duston (afastado por um mês em função de uma lesão sofrida no jogo contra o Olympiacos na semana passada), venceu a partida pelo placar apertado, de 91 a 89, contra o Maccabi Tel Aviv (ISR). O grande destaque da partida foi o ala-armador francês, Rodrigue Beaubois, do Efes, que anotou 23 pontos (com oito arremessos convertidos em dez tentativas). O clube melhora seu retrospecto na liga após chegar a terceira vitória em seis jogos na temporada. O Maccabi, que foi um dos melhores times da temporada passada, está tendo dificuldades para encaixar suas novas contratações e sofre sua quinta derrota em sete jogos, tendo agora a quarta pior campanha da liga.

Uma partida quase perfeita do Barcelona (ESP) fora de casa, incluindo cinco jogadores do time catalão pontuando em dígitos duplos, fez com que o ALBA Berlim (ALE) não tivesse chance alguma. O placar do confronto foi de 103 a 68 para o clube espanhol, a maior pontuação da temporada 2020-21. A arrancada dos visitantes já começou logo no primeiro período, quando Álex Abrines, em um início muito inspirado, anotou 14 pontos (4 de 4 nas bolas de três pontos), terminando o primeiro quarto com 12 pontos de vantagem para o Barcelona.

Com esse início avassalador e com o ALBA sem ritmo de jogo, disputando sua primeira partida em três semanas após o surto de COVID-19 no time, a história do jogo já estava escrita e seria quase impossível reverter aquele placar. Além de Abrines, os outros jogadores que terminaram com dígitos duplos foram: o cestinha da partida Nikola Mirotić (18 pontos), Roland Smits (13 pontos), Pierre Oriola (12 pontos) e Cory Higgins (11 pontos). Além dos pontuadores, tivemos a grande partida do armador Nick Calathes (com a bola na foto abaixo), com 12 assistências em apenas 18 minutos jogados. Com o triunfo, a equipe espanhola assume a liderança isolada do campeonato, somando seis vitórias e apenas uma derrota.

No último jogo do primeiro dia da rodada, o ASVEL (FRA) registrou a sua primeira vitória na temporada, depois de altos e baixos nas últimas semanas, devido à falta de ritmo de jogo por conta também dos casos de COVID-19 no elenco. A conquista pelo placar de 88 a 86 foi em cima do Baskonia (ESP), que vinha fazendo bons jogos. A partida também contou com a quebra de um jejum de 22 anos que um clube francês não vencia um confronto na cidade de Vitoria-Gazteis, na Espanha, pela Euroliga. O ASVEL foi liderado pelo trio formado por Moustapha Fall (19 pontos), Antoine Diot (15 pontos) e Charles Kahudi (15 pontos), que juntos somaram 49 dos 88 pontos marcados pela equipe francesa. Enquanto o ASVEL deixa a lanterna, com uma vitória em quatro jogos, o Baskonia perde a chance de encostar na zona de classificação, agora com duas vitórias e três derrotas.

Real Madrid vence mais um adversário da parte de cima da tabela e ajuda Barcelona
O segundo dia de jogos na rodada se iniciou com um bom jogo entre Fenerbahçe (TUR) e Khimki (RUS). A equipe russa até tentou uma recuperação durante todo o jogo, mas nada que tirasse a vitória dos donos da casa. A equipe turca jogou muito bem e soube aproveitar os espaços na defesa do adversário. O placar foi de 83 a 71, com o cestinha da partida sendo Jarrell Eddie, do Fener, com 16 pontos anotados. No entanto, nem tudo foi felicidade para o lado do Fenerbahçe, pois mais uma vez um time nessa rodada perdeu um jogador no começo da partida por contusão. O atleta da vez foi Nando De Colo, que sentiu a panturrilha aos três minutos de jogo e não voltou mais para quadra depois do ocorrido.

Já na Lituânia, o líder Zalgiris Kaunas (LIT) acabou sofrendo a sua segunda derrota na temporada. O time, que vinha embalado, acabou levando a pior contra o Real Madrid (ESP), ajudando o arquirrival, Barcelona, a assumir a liderança do campeonato. O jogo terminou com o placar apertado de 93 a 90 e o Real começa a ganhar força, galgando cada vez mais posições na tabela. A equipe espanhola vence sua segunda partida seguida e demonstra uma mudança muito significativa defensivamente, aproveitando muitas jogadas embaixo da cesta. Prova disso, foi que o pivô madridista Walter Tavares acabou sendo o grande herói da partida, anotando um double-double (22 pontos e 12 rebotes) em um PIR (Performance Index Rating) de 34, a melhor marca em sua carreira.

A tabela de classificação segue muito parelha e um dos motivos foi a vitória do Bayern de Munique (ALE) em cima do Estrela Vermelha (SER), na Alemanha. A vitória tranquila pelo placar de 74 a 59 deu-se graças a dupla Nick Weiler-Babb e Wade Baldwin, com ambos anotando 15 pontos, sendo que 24 desses pontos somados foram só na primeira etapa da partida. O clube alemão, que chegou a ser o líder da competição há poucas semanas, agora chega à sua quinta vitória em sete jogos no campeonato e se garante na terceira colocação, empatado com o Zalgiris.

Quem completa o “G4” é o Valencia (ESP), que recebeu a Olimpia Milano (ITA) e conseguiu uma apertada vitória por 86 a 81. Equilibrada do início ao fim, a partida chegou aos 90 segundos finais com os donos da casa vencendo por apenas um ponto, mas então brilhou a estrela do armador belga Sam Van Rossom, que com quatro pontos rápidos aumentou a vantagem dos espanhóis e Klemen Prepelič sacramentou a vitória na linha de lance livre. Van Rossom foi o cestinha do jogo, com 21 pontos. A Olimpia contou com a estréia na temporada de um dos seus principais jogadores, o ala sérvio Vladimir Micov, que estava lesionado. Ele fez 12 pontos em 25 minutos em quadra. O Valencia tem quatro vitórias em seis jogos e ocupa o quarto lugar, enquanto a Olimpia cai para oitavo, com três vitórias em cinco jogos.

CSKA bate Panathinaikos na Grécia e se consolida na zona de classificação
O CSKA Moscou (RUS) foi até a Grécia visitar o Panathinaikos (GRE), em um “clássico” que já por duas vezes foi a grande decisão da Euroliga. Com uma campanha ainda irregular (para seu padrão recente), o clube russo conseguiu voltar a ter uma campanha positiva, batendo os gregos por 89 a 83 e chegando à sua quarta vitória. O Panathinaikos, que fez sua primeira partida em quase duas semanas, por causa de adiamentos de seus jogos por causa da COVID-19, volta a ter uma campanha negativa, com três derrotas em cinco jogos.

Will Clyburn - CSKA Moscow - EB20

Apesar de em nenhum momento da partida o CSKA ter estado atrás no marcador, a partida não foi tão fácil para eles, como pode transparecer. Por três vezes esta história se repetiu: os visitantes abriram grandes vantagens, a qual a maior chegou a 18 pontos, mas o Panathinaikos reagia no fim de cada quarto e encostava no marcador. Porém, o máximo que os gregos conseguiram foi empatar o jogo durante o segundo quarto.

Os russos começaram com tudo, abrindo logo de cara 18 a 5, contando com uma atuação inspirada do armador Mike James, que distribuiu quatro assistências antes mesmo da metade do primeiro quarto. Porém, nos cinco minutos finais do período, os Verdes foram tão contundentes quanto o adversário e pouco a pouco encostou no placar, até empatar o jogo no segundo final com dois lances livres de Nemanja Nedović.

No segundo quarto, da mesma forma que no primeiro, o CSKA foi soberano e conseguiu abrir grande vantagem. Durante três minutos, os russos não deixaram o Panathinaikos pontuar e conseguiram fazer dez pontos, que levaram sua vantagem para 17 pontos e mais tarde 18 (49 a 31). Mas um final forte por parte dos Verdes conseguiu cortar a vantagem russa pela metade, mandando o jogo para o intervalo com a vantagem de 51 a 42 para o CSKA.

O período mais equilibrado da partida e com o menor placar (16 a 14 para o Panathinaikos) foi o terceiro, no qual os donos da caas conseguiram segurar o CSKA e não deixaram que os russos disparassem de novo. Os gregos endureceram muito na defesa, o que lhes permitiu encostar de vez, chegando a cortar seu déficit para apenas um ponto antes da metade do quarto. Mas os visitantes tiveram uma boa seqüência para chegar ao fim do período com a vantagem de sete pontos.

Buscando não deixar o rival se aproximar mais, o CSKA deu o golpe de misericórdia logo no início do último período. Com uma parcial de 8 a 0 em pouco mais de dois minutos, os visitantes ampliaram sua vantagem para 15 pontos (73 a 58), tornando a missão da virada difícil demais para os gregos. Mas o Panathinaikos não se entregou em momento algum e, contando com dois erros do CSKA já no minuto final, os gregos conseguiram fazer sete pontos em sete segundos e cortaram o déficit para seis pontos, a 38 segundos do fim. Mas a reação ficou apenas por aí.

Nedović foi o cestinha do jogo, com 19 pontos, além de quatro assistências e três rebotes, para ter o maior PIR (Performance Index Rating) do jogo, com 23. O principal destaque individual do CSKA, assim como Nedović, veio do banco: o ala Will Clyburn fez 15 pontos, além de sete rebotes, para 20 de PIR.

Confira como ficou a classificação geral da Euroliga após a 7ª rodada:

Equipe EuroLeague Brasil Ver tudo

Perfil brasileiro dedicado à maior liga europeia de basquete. Você nos encontra no Instagram e Twitter por: @EuroLeagueBRA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: