Ir para conteúdo

Alana Gonçalo acerta ida para a Espanha e afirma: “Pretendo construir uma carreira na Europa e também tenho o intuito de continuar jogando aqui no Brasil”

Foto: Divulgação / FIBA

No meio da pandemia em que muitos times não estão se mexendo, nós tivemos duas boas notícias para o basquete feminino brasileiro recentemente. As jogadoras Débora Costa e Alana Gonçalo, vão jogar respectivamente na Suécia e Espanha na próxima temporada. Para falar um pouco sobre essa mudança de país, nós do Blog do Souza tivemos a honra de conversar com a armador Alana sobre a ida dela para a La Salle Melilla, da segunda divisão espanhola.

A jogadora que atualmente é atleta do Ituano Basquete, na temporada passada da LBF (Liga de Basquete Feminino) defendeu o Santo André e teve médias de 11.4 pontos, 3.3 assistências e 2.3 rebotes em 23 partidas.

LEIA TAMBÉM: Power Ranking – Temporada de 2020 da WNBA

Essa será a segunda experiência internacional e a primeira como profissional da armador de 1,67 m. Com 19 anos, ela jogou no basquete universitário dos Estados Unidos, onde defendeu a New Mexico Junior College e The University of Alabama.

Pela seleção brasileira, Alana esteve presente no elenco que conquistou o bronze na AmeriCup de 2019 e atuou pelo Brasil nos Pré-Olímpicos Continental e Mundial.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a jogadora, vamos para o curto papo que tivemos com ela.

Blog do Souza – Como surgiu o convite para jogar pelo La Salle Melilla?

Alana Gonçalo – Sempre quis jogar na Europa, especialmente na Espanha. A proposta chegou a mim pelo meu agente, Fábio Jardine.

Blog do Souza – Com a sua ida para a Espanha, você espera fazer uma carreira na Europa ou pretende continuar se destacando no Brasil?

Alana – Pretendo construir uma carreira na Europa e também tenho o intuito de continuar jogando aqui no Brasil, já que normalmente é possível conciliar os dois campeonatos.

Blog do Souza – A segunda divisão espanhola é bem disputada, o quanto você conhece da competição?

Alana – Acompanho a segunda divisão há algum tempo. Sei que é a porta de entrada para muitas meninas que sonham em jogar a primeira divisão da Espanha. Os clubes da L2 demonstram ter uma estrutura muito parecida com os times da primeira divisão e alguns tem até a mesma qualidade.

Blog do Souza – Para essa nova temporada fora do país, qual o seu grande objetivo?

Alana – A escola espanhola de basquete é uma das melhores do mundo e eu, particularmente, quero muito adquirir conhecimento em relação ao jogo, evoluir o meu basquete e ganhar experiência internacional.

Seja um assinante do Blog do Souza por somente 7 ou 10 reais por mês:

 

 

 

 

Siga o Blog do Souza nas redes sociais:

 

 

 

 

 

Felipe Souza Ver tudo

Sou o criador do site HSBasketballBR, Blog do Souza e fui co-criador do Live College BR. Fui o primeiro brasileiro a escrever sobre high school para um site americano, o D1Vision. Trabalhei para a Liga Super Basketball como repórter e assessor de imprensa. Também escrevi para os blogs como Jumper Brasil e TimeOut Brasil, tive textos publicados pelo Bala Na Cesta. Trabalho de Scout nas horas vagas e acredito que o estudo diário do basquete, me faz um profissional melhor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: