Demais Times NBB

Duda, Boracini e companhia: Relembre 5 game-winners históricos do NBB nos últimos anos

O basquete é popularmente conhecido por ser um jogo de muita emoção e onde várias belas jogadas podem acontecer. Mas quando ocorre um game-winner, expressão usada na NBA para definir uma cesta no último segundo que decide a partida, o mundo todo admira o lance. Quem não lembra das cestas espíritas de Lebron James que decretavam a vitória para o Cleveland Cavaliers, ou o lance de Kawhi Leonard que colocou os Raptors na final da NBA na temporada passada?

No Brasil, lances assim também acontecem. Relembre 5 game-winners que aconteceram no NBB:

RODRIGO BIRO EM 2012 PELO LIMEIRA

Para começar, vamos voltar lá atrás, quando o NBB ainda era novo, para relembrar duas franquias que infelizmente foram extintas. Limeira, de São Paulo e Vila Velha, do Espírito Santo, duelaram pelo segundo turno da competição.

A equipe do Vila Velha, que era um dos times com pior desempenho daquele NBB, fez um grande 1º tempo e parecia que levaria a vitória, mas o Limeira voltou do intervalo com outra postura e equilibrou o jogo. A equipe do interior de São Paulo contava com um elenco mais robusto, com Benite, Ronald Ramon, André Bambu entre outros.

Com 18 segundos no cronômetro, o Vila encontrou uma bola de 3 e empatou o jogo em 70×70. Limeira vacilou na posse e o time capixaba teve a chance de vencer, mas errou. Sem tempo para pedir, sobrou para os paulistanos trabalharem uma bola rápida para evitar a prorrogação. Então o time encontrou Rodrigo Biro sozinho na zona morta. Ele estava confiante pela sua boa atuação naquela tarde, então acertou o chute que consagrou a vitória histórica dos comandados pelo Demétrius Conrado Ferracciú que levaram a torcida ao delírio. Biro fechou o jogo com 17 pontos.

Relembre o lance em vídeo:

SHAMELL EM 2017 PELO MOGI DAS CRUZES

Em dezembro de 2017, pelo NBB 10, Mogi das Cruzes e Franca duelaram no Ginásio Hugo Ramos, o Hugão, pela fase regular da competição. O time do Mogi, que no mais tardar daquela temporada se tornaria um dos finalistas, tinha um grande time com Shamell, Larry Taylor, Caio Torres, Tyrone entre outros. Esse último acabou sendo expulso do jogo na ocasião, dificultando ainda mais a partida para os mogianos.

Vencendo o jogo por 70 a 69 e faltando 11 segundos para o jogo acabar, a equipe do Mogi precisava defender uma posse de Franca para ganhar. Mas o experiente ala Léo Meindl costurou uma grande jogada, limpou dois marcadores no garrafão e fez a cesta para os francanos.

Agora com 5 segundos de posse, o Mogi precisava pensar rápido para vencer o jogo. Depois do tempo pedido por Guerrinha, o americano Larry Taylor cobrou lateral para Shamell, que não titubeou: foi para cima da forte marcação mogiana e conseguiu uma cesta quase improvável com a ajuda da tabela. O Mogi venceu por 72 a 71 e fez a festa em casa.

Aprecie o momento final da partida pela narração de Odinei Ribeiro, do SporTV:

GUI DEODATO EM 2019 PELO MOGI DAS CRUZES

Outro grande game-winner da equipe do Mogi, agora com Gui Deodato. Na noite do dia 13/02/2019, os mogianos enfrentavam o Vasco. As equipes viviam em fases diferentes: enquanto o Mogi das Cruzes possua uma das melhores campanhas do NBB, a equipe do Rio de Janeiro flertava com a zona de rebaixamento.

Depois de um primeiro tempo soberano, o time mogiano acabou sofrendo uma virada improvável dos vascaínos e viram o jogo quase perdido. Mas quase, se não fosse uma jogada espetacular do ala Gui Deodato. Após o Vasco errar uma cesta, Gui teve que se virar, já que seu time não tinha mais tempo a pedir. Ele bateu bola e, muito antes atrás da linha de 3 pontos, decidiu arriscar. Mesmo sem equilíbrio, conseguiu fazer com que a bola batesse na tabela (sem querer ou não) e cair na cesta.

Veja o lance na incrível narração de Guilherme Maia:

PAULINHO BORACINI EM 2018 PELO BASQUETE CEARENSE

Um dos melhores, ou se não melhor, game-winner do século. Foi assim que a imprensa do mundo todo tratou a cesta que decretou a vitória do Basquete Cearense contra o Bauru.

Antes de mais nada, vale ressaltar que, naquela época, o Basquete Cearense tinha uma equipe limitada, longe de ser um dos favoritos ao título. E o Bauru era o atual campeão, fora que sempre foi uma potência no nosso basquete brasileiro.

Os dois se enfrentaram pela 27ª rodada do NBB 2017/18 em Fortaleza, no Ceará. Os cearenses perdiam por 80×77 quando o Bauru cometeu uma falta. O lance livre, que seria de 2 arremessos, não adiantaria para que o Basquete Cearense virasse o jogo. Então o armador experiente Paulinho Boracini tirou um coelho da cartola: converteu o primeiro e jogou a bola no aro de propósito no segundo para que ele pegasse o rebote e tentasse acertar uma cesta inacreditável de 3.

Lances assim não são vistos com tanta frequência, mas acontecem em algumas vezes. A diferença é o acerto. Boracini conseguiu ir para a zona morta e, mesmo com pouquíssimos segundos no cronômetro, converteu aquela bola que ficou para a história do basquete mundial.

Diversos sites americanos, como NBC Sports, SportsCenter, Ball is Life entre outros, fizeram publicações sobre o lance com muita exaltação.

Reveja o milagre de Fortaleza:

DUDA MACHADO EM 2018 PELO BAURU

Dizem que o raio não cai 2 vezes no mesmo lugar. Isso parece não acontecer na nossa querida competição, o NBB. No mesmo ano em que Paulinho Boracini assustou o mundo do basquete com uma cesta espetacular, Duda Machado repetiu a dose pelo Bauru.

Vasco x Bauru duelavam no Rio de Janeiro, pelos playoffs do NBB em 2018. Em uma série de 5, os paulistanos venciam por 2×1 e só precisavam de uma vitória em dois jogos no Rio para se classificar as quartas-de-final.

O jogo foi tão equilibrado, que precisou de uma prorrogação. Vencendo o jogo por 103×100, os vascaínos acreditavam que, naquela noite, seriam vitoriosos. Mas não contavam com um lance espírita que decretou o fim da série.

Duda Machado tinha 2 lances livres para cobrar. Com 6 segundos no cronômetro, ele sabia que não seria suficiente para virar o jogo. Então, após converter o primeiro, arremessou a bola na cesta no segundo para que tentasse apanhar o rebote e chutar de 3.  E conseguiu: foi para a zona morta e, mesmo totalmente desequilibrado, converteu a cesta da vitória do Bauru.

Assista o fenômeno ocorrido na Arena Carioca 1:

Siga o Paulo no Twitter:

 

 

Seja um assinante do Blog do Souza por somente 7 ou 10 reais por mês:

 

 

 

 

Siga o Blog do Souza nas redes sociais:

 

 

 

 

2 comentários em “Duda, Boracini e companhia: Relembre 5 game-winners históricos do NBB nos últimos anos

  1. Andre Luiz Japiassu

    Faltou o do Jamaal

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: