Ir para conteúdo

Situação financeira da LNB e dos clubes pode ser determinante para o retorno do NBB ainda nesse semestre

Nesta quinta-feira (26) na sede da Liga Nacional de Basquete (LNB), acontece uma reunião entre os dirigentes para discutir a possibilidade do retorno do Novo Basquete Brasil no dia 15 de maio. A informação foi dada em primeira mão pelo jornalista Lucas Rocha.

O Blog também ouviu pessoas ligadas as equipes e confirmou essa possibilidade. Um ponto importante que o Lucas trouxe, foi que o possível retorno faria que a competição já entrasse na fase de playoffs. Dessa forma, não aconteceriam as 33 partidas que ainda faltavam da fase regular.

Vale lembrar, que no incio do campeonato estavam previstos 240 jogos na fase de classificação do NBB e mais 47 (número máximo) nos playoffs. Além de um investimento de R$ 4 milhões para essas transmissões. Se essa decisão acontecer, a competição terminaria realizando somente 218 jogos, 69 a menos do que o esperado.

Mas aonde entra a questão financeira nesse assunto? A LNB não estaria “economizando” o dinheiro das transmissões?

De uma certa forma, a LNB não gastaria os 4 milhões em transmissões e vai poder usar essa verba para outra área do seu interesse. Porém, neste mesmo período o NBB anunciou o término da parceria com a Caixa e teve que adiar o Jogo das Estrelas, evento que traria um pequeno folego financeiro para a instituição.

Além de perder o seu principal patrocinador, o NBB pode começar sofrer no bolso (se já não está sofrendo) ainda mais nesse momento de pandemia. Isso porque muitas empresas estão diminuindo ou cogitando diminuir as suas verbas de marketing nesse período. Esse movimento não é só no Esporte e vai começar afetar o país como um todo.

Então, como se manter forte? Em um momento que a Liga segue pagando os seus funcionários, vê a sua fonte de renda (NBB) parada e sabendo que pode ter uma queda de receita brusca dos patrocinadores?

A única forma que parece viável, é fazer com que a competição volte. Mesmo realizando poucos jogos, pelo menos vai fazer que algum dinheiro entre em caixa e assim ajudar a manter as empresas parceiras ao seu lado. Já que vai ser bem difícil o NBB conseguir aumentar o investimento dessas empresas na Liga.

Esse possível retorno agrada os clubes. Pois muitos deles tem uma folha salarial enxuta, outros vivem uma crise interna e todos precisam que o dinheiro dos patrocinadores entre na conta bancária para aliviar os gastos.

Entretanto, não sabemos se todos os clubes gostariam que o NBB voltasse nos playoffs. Times como Brasília, São José, Basquete Cearense e Pato Basquete, estariam fora da próxima fase e isso pode impactar diretamente no continuamento desses projetos. Sem dinheiro de patrocinadores, ingresso e visibilidade, ficaria complicado para as equipes pagarem os salários e até mesmo pensar na montagem do elenco da próxima temporada.

Por parte dos jogadores, se imagina que aqueles que recebem menos de 10 mil reais estejam querendo a volta da competição. Pois muitos deles não tem uma grande reserva de dinheiro guardada para segurar as contas de casa durante meses, imaginando um cancelamento do NBB.

Quando olhamos todos os fatores, fica evidente que a situação financeira pode pesar em uma possível decisão dos dirigentes. Porém, esperamos que o lado humano seja levado em conta sempre.

Será que é razoável pensar em voltar com o campeonato nesse semestre? Se sim, como vão garantir que os atletas não sejam contaminados com o coronavírus? E os árbitros, estatísticos, delegados, funcionários dos clubes e o pessoal da transmissão, terão alguma garantia?

São muitas perguntas, que não cabe o blog responder. Neste momento, só nos resta esperar e ver qual decisão será tomada hoje e nos próximos meses.

Seja um assinante do Blog do Souza por somente 7 ou 10 reais por mês:

 

 

 

 

Siga o Blog do Souza nas redes sociais:

 

 

 

 

Categorias

NBB

Tags

,

Felipe Souza Ver tudo

Sou o criador do site HSBasketballBR, Blog do Souza e fui co-criador do Live College BR. Fui o primeiro brasileiro a escrever sobre high school para um site americano, o D1Vision. Trabalhei para a Liga Super Basketball como repórter e assessor de imprensa. Também escrevi para os blogs como Jumper Brasil e TimeOut Brasil, tive textos publicados pelo Bala Na Cesta. Trabalho de Scout nas horas vagas e acredito que o estudo diário do basquete, me faz um profissional melhor.

2 comentários em “Situação financeira da LNB e dos clubes pode ser determinante para o retorno do NBB ainda nesse semestre Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: