Ir para conteúdo

Unifacisa visita o Botafogo e conquista uma importante vitória

Na noite desta quinta-feira (30) no ginásio Oscar Zelaya, o Botafogo (7-12) recebeu o Unifacisa (11-8) e perdeu por 81 a 76. Os destaques do jogo foram o pivô João Vitor (17 PTS e 14 REB) e o ala americano Malcolm Miller (17 PTS, 3 REB e 4 AST).

O pivô João Vitor foi um dos destaques da vitória do Unifacisa Foto: Maurício Almeida / AM Press & Images

A partida começou com um atraso de 1 hora do que estava programado por causa da forte chuva e ventania que atingiu o Rio de Janeiro.

Após a normalização da chuva, o jogo começou e vimos duas equipes com estratégias bem semelhantes. Os dois times buscavam o jogo na curta e média distância, apostando nos seus atletas mais consistentes.

Do lado do Unifacisa, o time comandado pelo jovem Felipe “Filet” Santana usou bastante as movimentações ofensivas para encontrar jogadores como Miller e Dixson para pontuar. O trabalho de pick também foi fundamental para que Barnes e Gemadinha pudessem explorar visando a cesta ou o passe para um companheiro melhor colocado. O destaque não só em pontos e também da forma como dominou os dois lados da quadra, foi o pivô João Vitor.

O atleta que teve passagens pelo Flamengo e São Paulo antes de ir para o time paraibano, vem mostrando evolução na proteção do aro e apresentando ferramentas ofensivas como a bola de 3 pontos que não estávamos acostumados a ver quando ele atuou pelo rubro-negro.

Já o Botafogo, voltou a sentir a falta do Cauê Borges, Du Sommer e sua torcida. Porém, o que mais chamou a atenção não foi só o bom jogo (o que não é corriqueiro) que o Mogi (14 PTS e 7 REB) fez e sim, a falta de intensidade que esse time está acostumado a colocar nos seus adversários. Além do jogo alvinegro não encaixar em boa parte da partida, o americano Jamaal Smith foi bem anulado pela defesa paraibana. Ele que está acostumado pontuar bastante e botar fogo no jogo, chegou no último período com apenas 2 pontos feitos.

Bem verdade, que os 6 pontos do último quarto foram duas bolas de 3 pontos faltando pouco mais de dois minutos e deixando o Glorioso com um ponto atrás no placar.

Mesmo esse momento tenso da partida, a Unifacisa soube controlar bem boa parte do jogo e se complicou no fim por conta de três turnovers seguidos que a equipe cometeu.

No final do jogo, eu conversei com o treinador Felipe Santana sobre a vitória do time dele, o seu trabalho na nova equipe e muito mais.

Confira!

O próximo compromisso das duas equipes serão:

01/2 – Botafogo vs Basquete Cearense às 16h (Transmissão da DAZN)

02/2 – Mogi vs Unifacisa às 11h (Transmissão do Facebook)

Seja um assinante do Blog do Souza por somente 7 ou 10 reais por mês:

 

 

 

 

Siga o Blog do Souza nas redes sociais:

 

 

 

 

Felipe Souza Ver tudo

Sou o criador do site HSBasketballBR, Blog do Souza e fui co-criador do Live College BR. Fui o primeiro brasileiro a escrever sobre high school para um site americano, o D1Vision. Trabalhei para a Liga Super Basketball como repórter e assessor de imprensa. Também escrevi para os blogs como Jumper Brasil e TimeOut Brasil, tive textos publicados pelo Bala Na Cesta. Trabalho de Scout nas horas vagas e acredito que o estudo diário do basquete, me faz um profissional melhor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: