Flamengo

O que o Flamengo fez para levar mais torcedores no Super 8 do que nos jogos do NBB?

Um dos pontos que foi muito debatido no final do ano passado, é a baixa presença do público nos ginásios. Acabei até gravando um podcast sobre o tema. E um time que foi “cobrado” por mim e outros colegas, foi a equipe carioca do Flamengo.

O rubro-negro que possui uma imensa e apaixonada torcida, tem médias de um pouco mais de 500 pessoas por jogo. Algo bem ruim para um clube de massa.

Porém, nos primeiros dias de 2020 vimos o time da Gávea levar cerca de 8 mil pessoas na disputa da Copa Super 8. Número bom para quem têm médias ruins, mas longe do ideal para um clube do tamanho do Flamengo.

Mas o que o Flamengo fez de diferente para alcançar esses números? O marketing e divulgação mudaram de um dia para o outro?

Na minha opinião, a principal mudança foi usar a sazonalidade ao seu favor. Isso porque o Super 8 acontece em uma época do ano que não tem nenhuma grande competição de futebol acontecendo e coincide com as férias escolares. Mas como isso foi usado a favor do clube? Simples.

a) Levando as taças conquistadas pelo time de futebol para o público geral – Essa é uma ótima maneira de atrair um público que não é apaixonado pelo basquete. Criar a oportunidade de um torcedor levar a família para tirar fotos de “graça” (a foto não é cobrada, mas é preciso pagar o ingresso para ter a oportunidade) com as taças do seu clube de coração, é uma ótima forma de conquistar um novo público. Lembrando, que em férias escolares facilita cada vez mais os pais levarem as crianças para esse tipo de evento.

b) Aumentando o volume de postagens nas redes sociais – Olhando somente o Instagram do Time Flamengo, reparamos que a comunicação fez 41 posts em 10 dias (03/1 até 13/1). Enquanto em uma rodada do NBB, normalmente são feitos 6 posts desde o pré-jogo até o pós-jogo. Essa chuva de conteúdo atrelado a sazonalidade que eu disse acima, faz com que o alcance das postagens aumentem e dessa forma, também cresce a chance de levar mais pessoas aos jogos.

Deixando claro, que isso é um mérito do clube. Imaginando que essa estratégia foi pensada. O que me preocupa, é o amanhã.

Será que o rubro-negro conseguirá melhorar a sua média de público nos próximos jogos do NBB ou veremos ginásios quase vazios? Os horários das partidas propostos pela Liga e emissoras vão ajudar ou dificultar a vida do Flamengo?

Por hoje, o saldo é positivo. Só não sei até quando vai ser assim!

Seja um assinante do Blog do Souza por somente 7 ou 10 reais por mês:

 

 

 

 

Siga o Blog do Souza nas redes sociais:

 

 

 

 

Felipe Souza é o criador do site HSBasketballBR, Blog do Souza e é co-criador do Live College BR. Ele escreve para o site americano D1Vision, para a Liga Super Basketball e tem textos no Bala Na Cesta. Faz trabalho de Scout nas horas vagas e acredita que o estudo diário do basquete, faz dele um profissional melhor.

0 comentário em “O que o Flamengo fez para levar mais torcedores no Super 8 do que nos jogos do NBB?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: