Ir para conteúdo

O futuro do basquete do Botafogo passa pelo título da Liga Sul-Americana

Nesta quinta-feira (12) às 20:40 no Ginásio Poliesportivo Wlamir Marques, o Botafogo enfrenta o Corinthians pela segunda partida da final da Liga Sul-Americana e a possível conquista desse título terá um peso enorme no futuro da modalidade no clube carioca.

Isso porque o título pode fazer com que a permanência do basquete seja algo mais palpável no clube. Devemos lembrar, que o Botafogo vive uma grande instabilidade fora das quadras devido as eleições que vão acontecer no ano que vem.

Outro ponto importante, é a situação financeira que vive a instituição. Até o momento que esse texto está sendo lançado, o clube está com os salários em dia com os jogadores. Na verdade, até fevereiro. Pois o clube pegou o valor do patrocínio da TIM do inicio da temporada (R$ 3,1 milhões) e adiantou cerca de 5 meses salários dos atletas.

Porém, ninguém sabe dizer como o clube vai pagar os salários restantes deles. Já que não entrou nenhum grande patrocinador até o momento e os “cardeais” que sempre ajudavam a equipe, não ficaram contentes com a decisão do patrocínio da empresa de telefonia ir para o basquete.

Essa situação financeira não é nova, no começo da temporada uma pessoa ligada a um atleta aconselhou o jogador a não aceitar a proposta do clube. Pois tinha receio de como a equipe carioca arcaria com os custos salariais até o final do campeonato.

Mas se a situação dos atletas está “ok” até agora, a dos funcionários está longe do ideal. Os colaboradores que trabalham diretamente com a modalidade, estão com os salários atrasados e devem fechar o ano dessa forma.

Então, fica evidente que a possível conquista da Liga Sul-Americana terá um peso enorme dentro do clube e tudo começa pelo jogo desta quinta.

Seja um assinante do Blog do Souza por somente 7 ou 10 reais por mês:

 

 

 

 

Siga o Blog do Souza nas redes sociais:

 

 

 

 

Felipe Souza Ver tudo

Sou o criador do site HSBasketballBR, Blog do Souza e fui co-criador do Live College BR. Fui o primeiro brasileiro a escrever sobre high school para um site americano, o D1Vision. Trabalhei para a Liga Super Basketball como repórter e assessor de imprensa. Também escrevi para os blogs como Jumper Brasil e TimeOut Brasil, tive textos publicados pelo Bala Na Cesta. Trabalho de Scout nas horas vagas e acredito que o estudo diário do basquete, me faz um profissional melhor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: