Flamengo

Marquinhos e o seu poder de decisão em jogos grandes

Foto: Marcelo Cortes / Flamengo

Na última terça-feira no Oscar Zelaya, vimos mais uma vez o Marquinhos ser um dos principais jogadores do rubro-negro na vitória que culminou na classificação do Flamengo a sua sétima final do NBB. Não é de hoje que o ala assume o papel de protagonista para o time da Gávea.

Na série passada contra o Corinthians, ele teve médias de 13.3 pontos, 4.3 rebotes e 3.3 assistências nas três partidas. Acabou sendo fundamental para dar confiança aos seus companheiros com bons passes e sempre incentivando-os em quadra. Porém, foi na série contra o Botafogo que Marquinhos mostrou mais uma vez que é um dos melhores alas do país, se não for o melhor, na atualidade.

O encontro entre o ala e a Estrela Solitária, normalmente trás boas recordações ao jogador. Os dois times se enfrentaram bastante nessa temporada e foram todos jogos bem difíceis, mas o Marquinhos na maioria das partidas assumiu o papel de pontuador da partida e ajudou diretamente nas vitórias rubro-negras. O que mais chama a atenção nesse caso, não é só a sua qualidade, e sim o fato dele conseguir se manter focado boa parte da partida. Por mais que pareça algo “fácil”, não é. Jogar longe da sua torcida e sofrer pressão o tempo todo do adversário, pode fazer com que o jogador acabe perdendo o foco e cometendo erros infantis, que podem ser decisivos no placar final. Mas o camisa 11 mostra que se adapta bem jogando fora de casa. Foi assim no final do Estadual em que o Flamengo levantou a taça no ginásio do Botafogo e mais recentemente. foram os dois jogos em que o Flamengo venceu por lá.

O primeiro jogo foi muito marcante, não só pelos 18 pontos, e sim pelos 2 pontos finais. A cesta da vitória que ele faz após se movimentar por trás da marcação e aparecer livre para infiltrar nos últimos 4 segundos, mostra a tranquilidade que ele tem de decidir esse tipo de jogo. Mas na última partida, vimos o por que da importância dele.

Para vocês terem uma ideia, nesta semana o Marquinhos já tinha falado comigo o que fazer para manter a tranquilidade nos momentos de decisão. Parecia que o jogador já estava prevendo o que ele encontraria nesta terça.

Tudo o que ele falou para mim, aconteceu na partida. O time do Flamengo foi muito pressionado desde o começo da partida pela intensidade imposta pelo Botafogo e a sua torcida, mas o time do Flamengo em nenhum momento deixou o Glorioso escapar no placar. Isso se deve pelo foco que o Marquinhos, Olivinha, Balbi e Davi, tiveram em todo a partida. O ala que tinha sido cobrado por parte da torcida por errar lances livres cruciais no jogo 3, dessa vez foi totalmente diferente. Marquinhos fez impressionantes 14 pontos somente no último período e terminou o jogo com 23 pontos, 4 rebotes e 5 assistências. Ajudando o Flamengo vencer o Botafogo por 90-75 e vencer a série por 3-1.

Foto: Marcelo Cortes / Flamengo

Será que o Marquinhos vai continuar com a sua sina de ser decisivo em jogos grandes, agora contra o Franca na final do NBB? Quero saber a sua opinião torcedor? Deixe abaixo nos comentários.

Siga o Blog do Souza nas redes sociais:

 

 

 

 

Anúncios

Categorias:Flamengo, NBB

Marcado como:, ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s