Extras

A Jogada Que Te Marcou – Flávio Espiga

Foto: Victor Lira / Bauru Basket

Seja bem vindo ao primeiro texto da série, A Jogada Que Te Marcou. Nessa série eu converso com diversos técnicos do país e peço que eles tragam uma jogada que marcaram eles de alguma forma.

Por que normalmente os torcedores lembram de um título marcante, de uma equipe ou até mesmo de uma geração, mas poucos sabem qual foi a jogada desenhada que funcionou para que esses momentos viessem.

Para o primeiro texto da série, eu tenho a honra de poder conhecer a jogada que marcou o treinador Flávio Soares, o Espiga.

Ele é natural do Rio de Janeiro e tem mais de 30 anos de experiência no esporte. Nos tempos de jogador, passou pelas categorias de base da seleção brasileira, defendeu o Brasil nas Universíade de 1997, foi campeão mineiro, catarinense, vice-campeão brasileiro pelo Uberlândia. A aposentadoria chegou em 2010, mas ele não deixou as quadras. Logo na sequência, começou a trabalhar como assistente do Alberto Bial, no Joinville. Ambos ficaram na equipe catarinense até 2012, quando assumiram o comando técnico do Solar Basquete/Cearense. Espiga foi assistente do Bial e técnico da equipe Sub-22, que conquistou, de forma invicta, o título da LDB (Liga de Desenvolvimento de Basquete) de 2014.

A seguir, Flávio nos fala qual jogada que marcou ele e explica o porquê. Vamos lá!

“Eu gostava da movimentação da minha equipe da LDB. Me lembro que fazíamos a shuffle e sempre dava várias opções, como um back door para o Victor Gusmão que era bonito de ver o entrosamento que eles tinham. Na maioria das vezes era o Rômulo que dava esse passe no back door.”

Antes da gente continuar, vou tentar mostrar como a jogada Shuffle basicamente funciona em um curto vídeo.

Repare que o O1 inicia o ataque na lateral, passa a bola para o O2 e o O3 finge infiltrar mas faz o corte para fora. Neste ponto, O2 tem a opção de arremessar, infiltrar ou voltar a bola para O1. Enquanto isso, O5 sobe até o perímetro para fazer um bloqueio para O1, que faz um corte simples para o back door (fundo de quadra) e continua até a zona morta. Em seguida, O2 passa para O3.

Logo depois de definir o pick para O1, O5 volta para fazer o bloqueio para O4, que cruza o garrafão podendo receber o passe do O3.

Se nada se desenvolver, o O2 desce para fazer um bloqueio para o O5, que no nosso vídeo ele acaba definindo a jogada com uma bola de três pontos. O interessante dessa jogada, é que com a descida do O2, você vai ter o mesmo inicio da shuffle, mas no lado oposto, e com diferentes jogadores ocupando as posições.

Agora que você conhece um pouco de como funciona a shuffle, vamos ver a variação que o Espiga relata com esse vídeo do Spurs.

Mas por que essa jogada te marcou tanto Flávio?

“O fator emocional não preciso nem falar. Fomos campeões com 28 vitórias em 28 jogos. E a equipe foi especial. Temos contato até hoje e comemoramos sempre na data do título.”

A equipe que o Espiga se refere, foi o time do Basquete Cearense que jogou a Liga de Desenvolvimento de Basquete na temporada 2014-15 e se sagrou campeão invicto após vencer o Flamengo na final por 63-58. O Davi Rossetto terminou sendo o escolhido como o MVP do campeonato após fazer 29 pontos e pegar 7 rebotes na grande final.

Foto: Luiz Pires / LNB

Vale lembrar, que a LDB é o principal campeonato de base do basquetebol brasileiro. Inicialmente, na sua 1ª edição, chamava-se Liga de Desenvolvimento Olímpico (LDO) e era o Campeonato Brasileiro Sub-21 do basquete masculino, tendo reunido os participantes do NBB 4 (temporada 2011-2012). A partir da 2ª edição (2012-2013), houve a mudança de nome e o torneio passou a ser Sub-22. A partir da edição de 2017, a LDB passou a ser uma competição Sub-20

Então, o que você achou do primeiro texto da série? Você tem alguma jogada que te marcou? Deixe abaixo nos comentários e até a próxima.

Siga o Blog do Souza nas redes sociais:

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s